Powered by GAPE 2013-2018

O logotipo e o nome GAPE são marca registrada no departamento de siglas e patentes pernambucano.

OPERAÇÃO CASA GRANDE IV

SITREP

    A Rodésia passa por um momento de dificuldades com a falta de                     empregos formais, a escassez de alimentos e de medicamentos. Tal               situação leva o seu povo a procurar alternativas diversas, nem                          sempre lícitas, para a sobrevivência das suas famílias. Esse é um                         caminho por vezes perigoso, no qual encontram-se atividades                            relacionadas ao “Mercado Negro”: tráfico de armas, de pedras                             preciosas e até de pessoas.

   

                   Suas tribos lutam entre si por territórios de interesse, sendo                         eles ligados a minas de pedras preciosas, terrenos férteis para                   agricultura ou rotas de comércio do país. Para se tornarem mais            fortes, algumas tribos unem-se, fazendo prevalecer os seus interesses   e seu poder sobre os mais fracos.

    Tudo isso faz com que o governo vá perdendo sua credibilidade para com seu povo, o que é agravado ainda mais com os diversos casos de corrupção em seu regime ditatorial. Além disso, o exército governamental começa a perder sua hegemonia e tem dificuldades para manter a ordem nas cidades mais afastadas da capital.

    Nessa frágil região, um levante de rebelados começa a tomar força, com adesão cada vez maior das tribos, levando consequentemente à sua paramilitarização. As atrocidades do conflito passam a virar rotina na Rodésia, com o exército tentando manter a ordem através do combate aos rebeldes, mas procurando não atingir a população que ainda apoia seu governo.

    Enquanto o caos se instaura, o governo traça a linha tênue entre rebelde e cidadão.  Uma guerra civil está prestes a eclodir e seu resultado é bastante imprevisível.

Qual será o rumo da Rodésia?

07 a 09/09

Edições passadas
Patrocinadores