Buscar
  • Equipe GAPE

Logística, Mobilização e Desmobilização no Airsoft

Introdução


A ideia deste texto surgiu a partir de um post do @tacticalroom, que a propósito, traz tópicos importantes e interessantes pra a comunidade do Airsoft (AS) Desportivo e Force-on-Force (FoF). O Force-on-Force é voltado para treinamento real, principalmente de funcionários da segurança pública e privada. Falamos aqui apenas com a visão do contexto Desportivo, onde o nosso objetivo principal é o lazer e uma experiência imersiva.


Objetivo


O objetivo aqui é registrar e compartilhar considerações e protocolos baseado na experiência e necessidade de um dos membros do GAPE. Não necessariamente refletindo a verdade absoluta ou atendendo a necessidade de todos. Contexto e bom senso sempre! Pense no seu local, legislação, realidade social e objetivo. Mais à frente no texto isso pode tornar-se mais claro, caso ainda não esteja.


O que será exatamente abordado aqui?

  1. Resumo de equipamentos e demais materiais considerados

  2. Transporte de equipamentos de Airsoft? (Aspectos legais e boas práticas)

  3. Mobilização e Logística

  4. Desmobilização e Logística

Equipamentos e Materiais


Figura 1. Equipamento utilizados no treino/jogo de Airsoft

Esse artigo considera o itens da Figura 1. acima num contexto de treino/jogo de Airsoft (AS).


Alguns itens que podem parecer estranhos para alguns quando se trata especificamente de treino:

  1. Camelback (mochila d'água)

  2. Rádio

  3. Headset

Coisas que podemos ouvir sobre isso:

  1. Não uso o rádio e Headset para comunicar em muitos tipos de treinamento

  2. Poderia levar uma garrafa com água e deixar disponível ali perto, evitando o peso do camelback.

Isso é outro assunto, mas já que estamos aqui... Tudo isso se resume em um ponto para nossos objetivos de treino:


"Treine com o equipamento e peso que utilizaria em jogo."

Assim você evita surpresas de coisas que caem, balançam demais, pesam demais, são difíceis de acessar ou simplesmente atrapalham em algumas situações fundamentais como transição de primária para secundária, mudança de instâncias e recargas.


Premissas


Seguem abaixo premissas para o processo de mobilização, desmobilização e logística aqui descrito:

  1. Seguir a legislação antes de qualquer coisa. Fique atento as suas notas fiscais, ponta vermelha/laranja e forma de transportar as armas de AS. Nada de levar equipamento de forma ostensiva ou de fácil acesso no veículo. Se informe com fontes confiáveis sobre o procedimento.

  2. Boas práticas. Muita coisa a lei não cobre mas podemos considerar boas práticas. Não quero ser confundido na rua como um funcionário de segurança pública. Isso é perigoso em diversas instâncias. Evite ir de roupa completamente camuflada na rua mesmo que vá de carro, você pode precisar sair para abastecer o veículo, comprar algum alimento, ou até mesmo o carro pode quebrar.

  3. Mobilização começa no dia anterior. Não queremos surpresas ou correria

  4. Deslocamento precisa ser fácil e ágil. Pode ser necessário abrir e fechar várias portas no caminho para o veículo (Seja carona ou não). Quando o deslocamento é por carona também não queremos ser lentos na rua devido ao risco de assaltos. Com várias bolsas soltas pode ser necessário fazer várias viagens.


Mobilização


Passo 1 - Testes e checagem de itens


Testar, carregar e checar tudo que for necessário parar o treino/jogo já no dia anterior:

  1. Baterias e pilhas carregadas (AEG, Rádio, Headset, lanterna, etc...)

  2. Magazines a gás estão em pleno funcionamento?

  3. AEGs e GBBs funcionando perfeitamente? (Tiro seco, tome os devidos cuidados)

  4. Lubrificação básica do cano de AEG com silicone

  5. Simular preparação do loadout, imaginando que está equipando tudo para uso. Assim consegue-se checar se algum item está faltando sem o esforço real de montar tudo. Faça uma lista se preferir

Passo 2 - Organizar itens para transporte


Considerando o nosso exemplo aqui e os itens que mostramos (Figura 1 acima) , utiliza-se os seguintes repositórios (Figura 2 abaixo):

  1. Bolsa de 20L

  2. Bolsa de 10L

  3. Case de Headset

  4. Bolsa pequena para itens de higiene - Veja detalha na Figura 3 abaixo (Possuem divisórias, bom para organizar magazines de pistola e a própria pistola pra quem não tem case. Vale ter uma bolsa dessa a parte para higiene em caso de operações longas de múltiplos dias)

  5. Case para AEG

  6. Um carrinho de bolsas

  7. Um ou dois elásticos de moto

Óbvio, mas vale ressaltar. A quantidade de cases e material fica por conta de cada um, estou relatando em detalhes pois pode haver algum ponto que interesse também outras pessoas.


Contexto sempre: Se o seu carro fica exposto para rua, ou para outras residências (casas ou apartamentos) é importante ser discreto. Não que estejamos fazendo algo errado, o ponto é que não desejamos que a vizinhança ou transeuntes nos confundam com um membro de segurança pública. Então todo item possível, inclusive colete, vai dentro de algum bolsa. Mesmo com o case camuflado, já confundiram esse case da AEG com um violão, o que é bom. De toda forma, acreditamos que o ideal seria um case que descaracterize a forma, como um case rígido de uma única cor.


Figura 2. Repositorios

Figura 3. Detalhe da bolsa pequena com pistola a gás de Airsoft e magazines



Figura 4. Bolsa 20L carregada

=== Bolsa de 20L ===

  • Colete

  • Cinto tático

  • Uniforme camuflado completo

  • Capa de Chuva

  • Cammel Back no Bolso lateral grande

  • Case de Headset

  • Bolsa Pequena com Pistola e mags

Dica: Colocar itens na ordem de uso, i.e. o colete deverá entrar primeiro na bolsa, pois será o último a ser vestido. Em seguida o cinto tático. Já a gandola, entrará por último na bolsa, pois será o primeiro a ser vestido.




=== Bolsa de 10 L ===

Figura 5. Bolsa 10L carregada
  • Óculos balísticos (e reservas)

  • Joelheiras

  • Cobertura (boné, chapél, etc..)

  • Luva

  • Green Gas

  • Radio, Etc...













Passo 3 - Montagem da carga


  1. Disponha o carrinho deitado no chão

  2. Monte as bolsas de forma estável

  3. Prenda tudo com o elástico ainda com o carrinho deitado

Figura 6. Bolsas montadas com elástico


Esse carrinho vai em uma mão. O case da AEG vai no lombo ou na outra mão. Se tiver algo a mais é possível colocar no mesmo arranjo. Neste caso adicionamos uma cadeira dobrável, cones para o treinamento uma bolsa com itens de apoio (BB's extra, speed loader, óculos extra, etc...), Figura 7, abaixo.



Figura 7. Carga inteiramente montada


Desmobilização


Ao fim do treino:

  1. Retirar magazines e liberar cano das armas de Airsoft

  2. Tirar baterias e Garantir que as leis e boas práticas de transporte de equipamento de AS estão aplicadas

  3. Montar a bagagem toda, com o carrinho e o elástico novamente. Dessa forma não perde-se tempo se exposto ao sair do seu carro ou carona. Você estará apto à pegar tudo já montado.


Esperamos que algo se aproveite ou que pelo menos provoque uma reflexão. Deixem suas perguntas, comentários e sugestões abaixo. Criticas construtivas serão sempre bem vindas.


Equipe GAPE

22 visualizações

Powered by GAPE 2013-2020

O logotipo e o nome GAPE são marca registrada no departamento de siglas e patentes de Pernambuco.